Notícias
Home Notícias Detran-PB celebra Dia Estadual do Trânsito Consciente com comando educativo e curso de formação
'
PDF Imprimir E-mail
Escrito por Ascom Qui, 09 de Novembro de 2017 18:25

Um comando educativo nesta sexta-feira (10), a partir das 16h, em frente ao Fórum de Mangabeira, e a realização do curso de Formação Continuada em Educação para o Trânsito na Escola são algumas das atividades desenvolvidas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) em alusão ao Dia Estadual do Trânsito Consciente, celebrado neste domingo (dia 12). A data foi instituída pela Lei 9.709, sancionada em maio de 2012.

A blitz educativa será coordenada pela Divisão de Educação de Trânsito (DET) do Detran da Paraíba, com o apoio dos órgãos de trânsito no Estado, além de Ongs envolvidas com o tema segurança viária. Segundo a chefe da DET, Abimadabe Vieira, a criação do Dia Estadual do Trânsito Consciente é importante ,“porque mobiliza toda a sociedade em prol de um comportamento mais consciente e mais seguro nas vidas e rodovias do Estado”.

Já o curso de formação continuada é uma atividade da Escola Pública de Trânsito (EPTran) do Detran da Paraíba, em parceria com a Secretaria de Educação do Estado e a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), com a finalidade de capacitar os professores de educação básica da rede estadual de ensino em Educação para o Trânsito, possibilitando explorar o tema, através dos diferentes campos do conhecimento.

Com carga horária de 80 horas, a capacitação vem sendo oferecida simultaneamente nos polos de João Pessoa, Guarabira, Campina Grande, Monteiro, Patos e Catolé do Rocha. A formação é desenvolvida em três meses e os encontros presenciais ocorrem aos sábados, das 7h30 às 13h30. Em João Pessoa, o módulo presencial é ministrado na Escola Técnica Estadual, em Mangabeira VII.

O Dia Estadual do Trânsito Consciente foi instituído pelo governador Ricardo Coutinho, com o objetivo de promover campanhas educativas para conscientização de crianças, jovens e adultos sobre os direitos e deveres dos pedestres, motoristas, ciclistas, motociclistas e passageiros, no sentido de despertar uma reflexão coletiva sobre uma nova postura a ser adotada pela sociedade, fazendo com que haja uma redução nos acidentes de trânsito e a consequente preservação da vida.

O superintendente do Detran-PB, Agamenon Vieira, destacou que as ações são uma extensão do trabalho educativo desenvolvido durante a Semana Nacional de Trânsito, que teve como tema “Nós somos o trânsito”, com o propósito de envolver todos os atores da sociedade, engajados na luta pela diminuição dos índices alarmantes de mortes e sequelados no trânsito da Paraíba e do Brasil. Segundo ele, a união de todos é que vai determinar a vitória dessa luta, inclusive no sentido de estancar o número de vítimas, bem como a sangria aos cofres públicos com atendimentos emergenciais que poderiam ser evitados.

Estimativas do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) apontam que o Brasil gasta cerca de R$ 30 bilhões por ano com acidentes de trânsito nas rodovias e vias urbanas. Segundo estudo do Denatran, em média 150 pessoas morrem por dia no trânsito brasileiro. “É como se um avião lotado de passageiros caísse todos os dias no Brasil”, compara o órgão. A estatística aponta o índice alarmante de 36,2 vítimas para cada grupo de 100 mil habitantes.

Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas, que envolvem desde a desatenção até o desrespeito à legislação por parte dos condutores. De acordo com esses dados, os exemplos mais comuns são excesso de velocidade, uso do celular ao volante, consumo de bebidas alcoólicas antes de dirigir ou até mesmo o cansaço.

Somente na Paraíba, no período compreendido entre 2014 e 2016, foram mais de 3.000 óbitos por acidentes de trânsito. Em 2017, mais de 6.600 motociclistas se acidentaram e mais de 900 pedestres foram atropelados, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado.