Notícias
Home Notícias Detran-PB lembra Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito com palestras
'
PDF Imprimir E-mail
Escrito por Felipe Fernandes Qua, 15 de Novembro de 2017 17:25

Sempre celebrado no terceiro domingo do mês de novembro, o Dia Mundial em Memória das Vítimas de Trânsito será lembrado antecipadamente nesta quinta-feira (16), com palestras em escolas e também no Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa. Os eventos serão promovidos pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB), por meio das unidades responsáveis pelas atividades de educação para o trânsito do órgão.

 

De acordo com a programação, a Divisão de Educação de Trânsito (DET) e parceiros realizam ações de conscientização para condutores, especialmente motociclistas, das 8h às 12h, no Hospital de Emergência e Trauma. Segundo a chefe da Divisão, Abimadabe Vieira, o movimento tem por objetivo sensibilizar os condutores sobre os riscos da imprudência ao volante. Na ocasião, haverá distribuição de panfletos, instalação do Cinema Rodoviário (ônibus) da Polícia Rodoviária Federal (PRF), mini palestras para familiares e pedestres, além de visitas aos leitos das vítimas do trânsito.

 

Essa ação da DET conta com a parceria da Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar da Paraíba, Samu, Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Hospital de Emergência e Trauma e da ONG Andrae.

 

Palestras em escolas – Já a Escola Pública de Trânsito (EPTran) do Detran da Paraíba vai alertar a população quanto ao crescente número de mortes e acidentes, por meio de palestras em escolas. Nesta quinta, a primeira será no Motiva Ambiental, às 9h, e a outra no Pio X, às 10h30, ambas com exibição de vídeo de cunho educativo. Segundo a chefe da EPTran, Poliana Figueiredo, as palestras abordarão os fatores mais comuns relacionados às causas de acidentes de trânsito, a exemplo de imprudência, imperícia e negligência. “Mas a ênfase será para alertar o estudante contra o uso do celular enquanto dirige, que vem apontado como o 4° lugar no ranking dos acidentes de trânsito”, arrematou Poliana.

 

Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), 90% dos acidentes ocorrem por falhas humanas, que envolvem desde a desatenção até o desrespeito à legislação por parte dos condutores. De acordo com esses dados, os exemplos mais comuns são excesso de velocidade, uso do celular ao volante, consumo de bebidas alcoólicas antes de dirigir ou até mesmo o cansaço.

 

Somente na Paraíba, no período compreendido entre 2014 e 2016, foram mais de 3.000 óbitos por acidentes de trânsito. Em 2017, mais de 6.600 motociclistas se acidentaram e quase 900 pedestres foram atropelados, segundo dados da Secretaria de Saúde do Estado.

 

IV CONEDU – O Detran-PB também está com estande no IV Congresso Nacional de Educação (IV Conedu), realizado a partir desta quarta-feira (15) até o próximo sábado(dia 18), no Centro de Convenções da Paraíba. O estande conta com a parceria do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) e da Polícia Rodoviária Federal.